Festival Internacional de Música de Espinho

Festival Internacional de Música de Espinho FIME

O 42º Festival Internacional de Música de Espinho arranca no próximo dia 25 de Junho com um total de 12 concertos que decorrem no Auditório de Espinho mas também noutros locais da cidade, como a Praia da Baía ou o Parque João de Deus.

Festival Internacional de Música de Espinho FIME

No próximo dia 25 de Junho, os pianistas Mário Laginha e Pedro Burmester inauguram a edição número 42 do FIME apresentando um programa heterogéneo, que dá especial destaque a compositores portugueses da área do jazz. O concerto mistura música popular brasileira, música erudita americana inspirada em música popular cubana, o Modernismo francês e a música de Bach, num mosaico aliciante de estilos e géneros musicais. No dia 1 de Julho, a pianista búlgara Plamena Mangova, detentora de uma carreira internacional de relevo, explorará em recital a relação entre voz e música instrumental no Romantismo, incluindo transcrições de canções e obras instrumentais inspiradas em poemas.

No dia seguinte, 2 de Julho, os franceses François Salque (violoncelo) e Vincent Peirani (acordeão) convidam todos para uma viagem pela música escrita e improvisada, misturando os temas tradicionais da Europa central, o tango e o jazz com a música erudita. No dia 3 de Julho, o grupo português Sete Lágrimas apresenta-se num concerto que promete esbater as fronteiras entre música erudita, tradicional e popular. Música do Renascimento aos nossos dias, de diversos países e tradições são colocadas lado a lado no mesmo palco. O Renascimento ibérico, a música tradicional do império português, música popular do Brasil e de Portugal são algumas das propostas dos Sete Lágrimas para um concerto prometedor.

No dia 6 de Julho, o trompetista italiano Paolo Fresu e o pianista cubano Omar Sosa apresentam-se no FIME com o espectáculo “Eros”. Estes dois músicos com “vozes” únicas e distintivas continuam a combinar elementos musicais tradicionais e progressivos da Itália e de Cuba. Fazendo justiça a Eros, este concerto promete uma mistura de jazz, música cubana, africana e elementos de world music. No dia 8 de Julho, a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, sob direcção do maestro Pedro Neves, apresenta-se no festival com a violoncelista Natalia Gutman. A música russa dos séculos XIX e XX pontificam neste concerto. No dia 15 de Julho, Daishin Kashimoto (violino) e Éric Le Sage(piano), intérpretes detentores de carreiras solísticas de grande destaque, associam-se para a apresentação de um programa aliciante onde a música do Romantismo tardio ocupa um espaço importante, contrapondo a tradição francesa à tradição germânica em várias obras essenciais da música do final do século XIX.

No dia 16 de Julho, o alaudista tunisino Dhafer Youssef, apresenta em Espinho o seu mais recente disco, “Birds’s Requiem”,  um registo assumidamente pessoal, preparado num momento de viragem na vida do artista. A sua fusão de jazz e música árabe promete uma noite absolutamente mágica. No dia 17 de Julho, a Orquestra Clássica de Espinho, sob direcção do maestro Alpaslan Ertungealp, apresenta-se com os solistas Daishin Kashimoto (violino), Claudio Bohórquez (violoncelo) e Éric Le Sage (piano). Do programa farão parte o Triplo Concerto de Beethoven e o Trio de Brahms. Neste concerto invulgar no seu formato, este trio de excelência contribuirá seguramente para uma interpretação notável de duas das obras essenciais do século XIX.

O FIME chegará ao fim no dia 22 de Julho, sexta-feira, com um grande concerto ao ar livre na Praça Dr. José Salvador (Câmara Municipal), que terá entrada livre. Nessa noite, a Orquestra Clássica de Espinho convida o destacado harpista Edmar Castañeda para uma actuação que terá como grande destaque a música enérgica, pulsante e exótica do colombiano. O concerto contará ainda com a voz da convidada especial Andrea Tierra. Como habitual, o FIME apresenta ainda dois espectáculos para os mais jovens na rubrica Festival Júnior: “Pássaro de Fogo”, pelo grupo Aquilo que vocês quiserem, no dia 26 de Junho, no Auditório de Espinho e ainda “Banda Móvel”, pela companhia Radar 360º, no dia 10 de Julho, domingo, nas Escadarias da Praia da Baía.

Para mais informações:

http://www.musica-espinho.com/fime/

Leave a Reply